Portal Içaense

Santo Antônio do Içá - Amazonas - Brasil

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Após prefeitura corrigir edital, TCE libera concurso de Amaturá

E-mail Imprimir PDF

Suspenso há quase 15 dias pelo Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), por uma série de irregularidades detectadas no edital nº 1/2016, o concurso público do município de Amaturá foi liberado na manhã desta sexta-feira, 13, pela vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas, conselheira Yara Lins dos Santos. O processo admissional oferece 207 vagas de cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários que variam entre R$ 880 e R$ 11,1 mil.

Relatora das contas de Amaturá, a conselheira revogou sua decisão de suspensão após a prefeitura ter retificado todas as irregularidades apontadas pelo Ministério Público de Contas e pelo órgão técnico da Corte de Contas.

O concurso foi suspenso liminarmente no último dia 28 de abril, em decisão monocrática, pela conselheira Yara Lins do Santos, que concordou com as impropriedade identificadas pelo MPC, entre elas, o fato de o edital fazer a segregação dos cargos e de suas vagas de acordo a localidade em que irá atuar o futuro servidor, em desconformidade com a previsão legal (zona urbana e zona rural); proibição injustificada de inscrição presencial (apenas pela internet, morosa no interior do Estado); incompatibilidade legal entre a carga horária estabelecida e a prevista em lei, como é o caso do cargo de Assistente Social; ausência do cargo de Agentes Comunitários de Saúde e de Edemias, previsto em lei; ausência de informações encaminhadas pela Prefeitura ao TCE em relação a situação atual dos cargos efetivos lançados no referido concurso até a data da publicação do Edital; e ainda ausência do ato de criação da Comissão do Concurso, entre outras.

Conforme o novo despacho da conselheira, o prefeito de Amaturá, João Braga Dias, apresentou justificativas e as correções dentro do prazo estabelecido (dez dias). Após a defesa ser avaliada pela Diretoria de Controle Externo de Admissões (Dicad) e pelo procurador de Contas Ruy Marcelo Alencar de Mendonça, os quais se manifestaram pela liberação do certame, Yara Lins dos Santos decidiu revogar sua decisão, permitindo, assim, o andamento do concurso, cujas as provas estão previstas para acontecer, conforme o edital, no próximo dia 22.

 

Fonte: Amazonas Atual

Após prefeitura corrigir edital, TCE libera concurso de Amaturá
 

Bolo à Beça

Granja Santa Clara

Expresso Pizza

Elegance


Pensamento do Dia

O homem está sempre disposto a negar aquilo que não compreende. (Luigi Pirandello)

Facebook

Previsão do Tempo

Imagem do Dia

Número de Visitantes

174801
HojeHoje122
OntemOntem156
Esta SemanaEsta Semana122
Este MêsEste Mês3520
Todos os diasTodos os dias174801
?
?
UNKNOWN

This page uses the IP-to-Country Database provided by WebHosting.Info (http://www.webhosting.info), available from http://ip-to-country.webhosting.info

Quem está Online

Nós temos 20 visitantes online